Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Escrever Descrever!!

Assim me encontro a tirar de dentro de mim pedacinhos meus, teus que se escondem em meus pensamentos para se revelarem aos olhos teus..Em toda a parte só se aprende com quem se gosta.



Quarta-feira, 09.01.13

Poema perdido


POEMA PERDIDO

Procuro um poema inteirinho perdido nas brumas do caminho
Com letras marcadas e rimas vazadas
Misturado em sentimentos
Leve como a aragem ao entardecer
Incandescente como o amor tem que ser
Procuro um poema que luta para sobreviver
Que fala do onírico em tom suave e lírico
E desperta em esperanças a cada amanhecer
Sem mácula e sem destroço
Tão meu
Tão seu
E tão nosso.

Teresa Improta Monnier

Autoria e outros dados (tags, etc)

por leneoliveira às 08:03



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2013

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031