Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Escrever Descrever!!

Assim me encontro a tirar de dentro de mim pedacinhos meus, teus que se escondem em meus pensamentos para se revelarem aos olhos teus..Em toda a parte só se aprende com quem se gosta.



Sexta-feira, 29.06.12

AMOR

De onde vem esse amor

De onde vem esse amor

Da onde vem esse amor ?

Que me faz nao enxergar os defeitos
transforma suas mentiras em verdades
oculpa todos os espaços em minha vidaaa
que tranforma um adulto em criança
de onde vem esse amor?
que trasforma noite em dia
tristeza em alegria
um sonho em realidade
que faz meu coraçao pequeno para guardar todo esse amor
que quando acho que se foi. volta com tamanha intensidade
que me faz sonhar acordado.
sorrir sozinha ao lembrar de sua presença.
enfim não sei de onde vem. so sei que amo.Bjoss de amor.
 (By mari)

Autoria e outros dados (tags, etc)

por leneoliveira às 12:18

Sexta-feira, 29.06.12

Desculpa amor

Desculpa amor

Desculpa amor
Clique para ampliar.
Desculpa,
Se o meu coração me enganou e eu te machuquei,
Quando falei de paixão juro que até sonhei,
Não e sim palavra triste que consola diz me apaixonei.

Desculpa,
Eu não sabia que podia no calor
da amizade me apaixonar,
Coisas de segundo um olhar tão
perfeito se junta ao meu,
O chão sumiu tudo girando cada vez
mais rápido o dia virou breu.

Oh meu anjo, desculpa...
O sentimento veio e arrebentou as
grades do meu coração,
Ele bateu tão forte que não havia mais razão,
Ilusão na amizade sincera meu amor,
Oh meu anjo, desculpa...
Pensei só em mim que loucura esqueci de você,
Criei uma história agora tenho que sofrer,
Só lhe peço uma coisa, desculpa, amei você!(By mary)

Autoria e outros dados (tags, etc)

por leneoliveira às 11:55

Quinta-feira, 28.06.12

AMOR



Todo o meu amor...

Que seja branda a tua presença
em minha vida...
Que nada faça com que lágrimas
orvalhem mágoas no coração...
Que da tua boca as palavras saiam
serenas mesmo em momentos
contraditórios...
Que em nenhum momento o remorso
possua o teu olhar pois que,sempre
receberás meu sorriso de perdão e
a cada alegria devotada a ti, será
uma dádiva concedida pela graça
Divina...Porque tu mereces toda
a felicidade...Mereces todo
O meu amor...

(Cida Luz)

Autoria e outros dados (tags, etc)

por leneoliveira às 14:25

Quinta-feira, 28.06.12

SOMOS




"Somos inocentes em pensar,
que sentimentos são coisas
passíveis de serem controladas.
Eles simplesmente vêm e vão,
não batem na porta, não pedem licença.
Invadem, machucam, alegram.
São imprevisíveis e sua única regra
é a inconstância total.
É irônico que justamente
por isso, eles sejam tão perfeitos."

Caio f. Abreu

Autoria e outros dados (tags, etc)

por leneoliveira às 14:16

Quinta-feira, 28.06.12

MORRER



Valdez


 
Tu me beijas... Eu te beijo,
Numa troca sem pudor...
Tu me matas de desejo...
Sou infeliz trovador!

A aurora dos teus penhascos
Volteio feito condor...
Teus lindos olhos, carrascos,
Porfiam na minha dor...

Estrela guia da sorte,
Inebriante licor,
Se desejas minha morte...
Que a morte seja de amor...

Autoria e outros dados (tags, etc)

por leneoliveira às 13:58

Quarta-feira, 27.06.12

Amores vão e vem


Amores vão e vem
Clique para ampliar.
Amores vão e vem,
O vento carrega sentimentos
E traz grandes surpresas.
Amores vão e vem,
Sem que precise de nossas forças.
Amores voam no infinito,
Se perdem no horizonte
Desaparecem em sonhos.
Amores vão e vem,
Essa é a certeza
De que uma tempestade de solidão
Se acalma,
E a alegria renasça
Nos mais frágeis corações.
Amores vão e vem,
Por mais que lute contra
Levam lembranças
Deixam marcas.
Amores...
Grandes amores...
Sentimentos que vão e vem,
E nesse balanço
O coração aprende a lidar com o amor
E a aceitar que
Amores vão e vem...(Ator desconhecido)
 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por leneoliveira às 14:01

Quarta-feira, 27.06.12

De tudo um pouco

De tudo um pouco

De tudo um pouco
Clique para ampliar.
Que você tenha... de tudo... um pouco.

Sensibilidade
Para não ficar indiferente diante das belezas da vida.

Coragem
Para colocar a timidez de lado e poder realizar o que tem vontade.

Solidariedade
Para não ficar neutro diante do sofrimento da humanidade.

Bondade
Para não desviar os olhos de quem te pede uma ajuda.

Tranqüilidade
Para quando chegar ao fim do dia, poder deitar e dormir o sono dos anjos.

Alegria
Para você distribuí-la, colocando um sorriso no rosto de alguém.

Humildade
Para você reconhecer aquilo que você não é.

Amor próprio
Para você perceber suas qualidades e gostar do que vê por dentro.


Para te guiar, te sustentar e te manter em pé.

Sinceridade
Para você ser verdadeiro, gostar de você mesmo e viver melhor.

Felicidade
Para você descobri-la dentro de você e doá-la a quem precisar.

Amizade
Para você descobrir que, quem tem um amigo, tem um tesouro.

Esperança
Para fazer você acreditar na vida e se sentir uma eterna criança.

Sabedoria
Para entender que só o Bem existe, o resto é ilusão.

Desejos
Para alimentar o seu corpo, dando prazer ao seu espírito.

Sonhos
Para poder, todos os dias, alimentar a sua alma.

Amor
Para você ter alguém para amar e sentir-se amado.
Para você desejar tocar uma estrela, sorrir pra lua.
Sentir que a vida é bela, andando pela rua.
Para você descobrir que existe um sol dentro de você.
Para você se sentir feliz a cada amanhecer
e saber que o Amor é a razão maior... para viver.
Mas se você não tiver um amor,
que nunca deixe morrer em você,
a procura... o desejo de o encontrar.

Tenha de tudo, um pouco... e Seja feliz!(Ator desconhecido)

Autoria e outros dados (tags, etc)

por leneoliveira às 13:22

Quarta-feira, 27.06.12

A Porta


A Porta
Tantas existem... Nem sei
Qual delas que me atrai
São brechas, fendas veladas
Que transpô-las, não ousei
Uma entra, outra sai
Tantas estão emperradas...

Abertura, recurso,acesso
Um mudo de opção!
A porta é um eterno segredo
Um fracasso, um sucesso
Verdadeira indecisão
Entrada franca do medo...

Tantas existem... notáveis
Que diferem em forma e cor
Mistérios invioláveis
Recesso sempre velado
Que antes de se transpor
Jamais se vê o outro lado...

Pórtico... passagem secular
Esconderijo do desconhecido
Incomunicável prisão!
São tantas pra se optar
Tantos os rumos perdidos
Que nos causa aflição

Tantas existem... Nem sei
Qual delas que me atrai
Vou tentando enlouquecida
Buscar verdade onde entrei
Para não chegar vencida
Naquela que eu não ousei...(Ator desconhecido) 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por leneoliveira às 13:14

Quarta-feira, 27.06.12

A Distacia





Distancia pode fazer muitas coisas,

Boas ou más, isso vai depender de cada um,

Pode fazer com que uma pessoa esqueça a outra,

Ou também fazer com que pessoas se desprezem,

E ainda fazer com que as pessoas se traiam.


Mas pode fazer com que o amor aumente,

Ou fazer com que a saudade quase nos mate,

Fazendo com que o desejo de está perto fale mais alto.

Cada um escolhe a situação que quer,

Com a intensidade que deseja.


Mas existe um conselho que sábios sempre dizem:

‘Demonstrar sentimentos bons que venham da alma,

Significa demonstrar o quanto puro é seu coração,

E quanto mais puro seu coração for,

Mais amizades verdadeiras você estará rodeada. ’


Então se você se deparar com uma situação assim,

Não pense em tristeza, esquecer ou em parar de amar,

Pense que essa saudade sentida é algo divino,

Pois só sentimos saudades de pessoas que gostamos,

Pessoas que nós apaixonamos, que amamos!


Demonstrar saudade não é sinal de fraqueza,

Pelo contrário, é sinal de verdadeira amizade,

Amizade que apesar de tudo esta firme e forte,

Que apesar da distancia continua intacta ao tempo,

E apesar dos problemas dois corpos continuam sendo um.


Pois isso é amizade verdadeira, sempre se fortalecendo,

Na felicidade estando presente com sua alegria,

Na tristeza estando lá com seu apóio inabalável,

Ajudando a passar dos problemas juntos com muita força,

E dando muito carinho com seu grande amor.


Amizade é algo inexplicável,

E também muito vivenciado,

Onde palavras não expressam tudo que sentimos,

Mas se me pedissem pra resumir em uma frase, eu diria:

EU TE AMO MUITO!”

Autoria e outros dados (tags, etc)

por leneoliveira às 12:50

Terça-feira, 26.06.12

Rifa




(Clarice Lispector)
Rifa-se um coração quase novo.
Um coração idealista.
Um coração como poucos.
Um coração à moda antiga.
Um coração moleque que insiste em pregar peças no seu usuário.
Rifa-se um coração que na realidade
está um pouco usado, meio calejado, muito machucado
e que teima em alimentar sonhos, e cultivar ilusões.
Um pouco inconseqüente
que nunca desiste de acreditar nas pessoas.
Um leviano e precipitado,
coração que acha que Tim Maia estava certo
quando escreveu... "não quero dinheiro,
eu quero amor sincero, é isso que eu espero...".
Um idealista...
Um verdadeiro sonhador...
Rifa-se um coração que nunca aprende.
Que não endurece,
e mantém sempre viva a esperança de ser feliz,
sendo simples e natural.
Um coração insensato que comanda o racional
sendo louco o suficiente para se apaixonar.
Um furioso suicida que vive procurando relações
e emoções verdadeiras.
Rifa-se um coração que insiste
em cometer sempre os mesmos erros.
Esse coração que erra, briga, se expõe.
Perde o juízo por completo em nome de causas e paixões.
Sai do sério e, às vezes revê suas posições
arrependido de palavras e gestos.
Este coração tantas vezes incompreendido.
Tantas vezes provocado. Tantas vezes impulsivo.
Rifa-se este desequilibrado emocional que,
abre sorrisos tão largos que quase dá pra engolir as orelhas,
mas que também arranca lágrimas e faz murchar o rosto.
Um coração para ser alugado,
ou mesmo utilizado por quem gosta de emoções fortes.
Um órgão abestado
indicado apenas para quem quer viver intensamente e,
contra indicado para os que apenas pretendem passar pela vida
matando o tempo, defendendo-se das emoções.
Rifa-se um coração tão inocente
que se mostra sem armaduras e deixa louco o seu usuário.
Um coração que quando parar de bater
ouvirá o seu usuário dizer para São Pedro na hora da prestação de contas:
" O Senhor poder conferir", eu fiz tudo certo,
só errei quando coloquei sentimento.
Só fiz bobagens e me dei mal
quando ouvi este louco coração de criança
que insiste em não endurecer e, se recusa a envelhecer".
Rifa-se um coração, ou mesmo troca-se por outro
que tenha um pouco mais de juízo.
Um órgão mais fiel ao seu usuário.
Um amigo do peito que não maltrate tanto o ser que o abriga.
Um coração que não seja tão inconseqüente.
Rifa-se um coração cego, surdo e mudo,
mas que incomoda um bocado.
Um verdadeiro caçador de aventuras que,
ainda não foi adotado, provavelmente,
por se recusar a cultivar ares selvagens ou racionais,
por não querer perder o estilo.
Oferece-se um coração vadio, sem raça, sem pedigree.
Um simples coração humano.
Um impulsivo membro de comportamento até meio ultrapassado.
Um modelo cheio de defeitos que,
mesmo estando fora do mercado,
faz questão de não se modernizar, mas vez por outra,
constrange o corpo que o domina.
Um velho coração que convence seu usuário
a publicar seus segredos e, a ter a petulância
de se aventurar como poeta.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por leneoliveira às 01:35



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Junho 2012

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930