Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Escrever Descrever!!

Assim me encontro a tirar de dentro de mim pedacinhos meus, teus que se escondem em meus pensamentos para se revelarem aos olhos teus..Em toda a parte só se aprende com quem se gosta.



Sábado, 28.07.12

Em teus olhos

Em teus olhos

Meu céu que antes repleto de estrelas
Enegreceu de forma trágica
Desaparecendo em um negro manto
Todas as estrelas cometas e sonhos
Desapareceram as assinaturas de Deus

Voaram pelas janelas como folhas secas
Sonhos de planetas tantos...
Ah! E neste frio insondável
Congelei por instantes!
Senti os veios do bloco de gelo em meu coração
Até que...

Algo começa a dissolver
E por entre o gelo posso ver
Uma luz vermelha pulsante
Forte e brilhante como rubi
Era você novamente a surgir
Pedindo, implorando para re-existir
Resistir...

E quando olhei em teus olhos, senti
Que nada havia congelado
E em gotas me vejo derreter
Minha pele volta a aquecer
Já não sou eu, sem você...

Eu te amo! Minha poesia...
Vamos juntas, vamos?
Repintar as estrelas do firmamento...
Re-colorir os céus...
Rasgar raios em madrugadas

Abraça-me!
Escreveremos um novo raiar
Uma nova estrada esta a nos esperar
E os primeiros passos
Estão aqui.

Márcia Poesia de Sá

Autoria e outros dados (tags, etc)

por leneoliveira às 12:24


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Julho 2012

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031