Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Escrever Descrever!!

Assim me encontro a tirar de dentro de mim pedacinhos meus, teus que se escondem em meus pensamentos para se revelarem aos olhos teus..Em toda a parte só se aprende com quem se gosta.



Domingo, 15.09.13

Rosas e Cantigas




Rosas e Cantigas

Eu hei-de despedir-me desta lida,
Rosas? - Árvores! hei-de abrir-vos covas
E deixar-vos ainda quando novas?
Eu posso lá morrer, terra florida!

A palavra de adeus é a mais sentida
Deste meu coração cheio de trovas...
Só bens me dê o céu! eu tenho provas
Que não há bem que pague o desta vida.

E os cravos, manjerico, e limonete,
Oh! que perfume dão às raparigas!
Que lindos são nos seios do corpete!

Como és, nuvem dos céus, água do mar,
Flores que eu trato, rosas e cantigas,
Cá, do outro mundo, me fareis voltar.

Afonso Duarte

Autoria e outros dados (tags, etc)

por leneoliveira às 12:12


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Setembro 2013

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930