Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Escrever Descrever!!

Assim me encontro a tirar de dentro de mim pedacinhos meus, teus que se escondem em meus pensamentos para se revelarem aos olhos teus..Em toda a parte só se aprende com quem se gosta.



Quinta-feira, 15.11.12

Um pouco mais do que nada

Foto: Um pouco mais do que nada. E um pouco menos que tudo. Inconstante. Pseudo-sentimento. Pseudo-medo. Pseudo-tudo. Quero bem mais do que pseudos, quero totalidades, se é que me entendem. Quero sentir-me completa, e por enquanto sinto-me pseudo-completa, pseudo-vazia, pseudo-tudo. Sei que já disse isso, mas sei que o tudo é bem mais do que posso decifrar. O tudo me deixa toda embaralhada, e eu queria um tudo perfeito, mesmo que eu não tenha muito, quero o meu “muito” do jeitinho que eu sempre quis ter. Dá pra entender? Quero um pouquinho de tudo o que eu sempre quis, mesmo que esse tudo não seja nada pra ninguém.    (Letícia Nogara)

Um pouco mais do que nada. E um pouco menos que tudo. Inconstante. Pseudo-sentimento. Pseudo-medo. Pseudo-tudo. Quero bem mais do que pseudos, quero totalidades, se é que me entendem. Quero sentir-me completa, e por enquanto sinto-me pseudo
-completa, pseudo-vazia, pseudo-tudo. Sei que já disse isso, mas sei que o tudo é bem mais do que posso decifrar. O tudo me deixa toda embaralhada, e eu queria um tudo perfeito, mesmo que eu não tenha muito, quero o meu “muito” do jeitinho que eu sempre quis ter. Dá pra entender? Quero um pouquinho de tudo o que eu sempre quis, mesmo que esse tudo não seja nada pra ninguém.


(Letícia Nogara)
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por leneoliveira às 10:57


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Novembro 2012

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930