Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Escrever Descrever!!

Assim me encontro a tirar de dentro de mim pedacinhos meus, teus que se escondem em meus pensamentos para se revelarem aos olhos teus..Em toda a parte só se aprende com quem se gosta.



Quarta-feira, 09.01.13

"ROSAS DE ANTANHO"



                                    Foto: ♥

Desce a tarde outonal ... No salão quieto e mudo,
Véspero sol um hausto inflamado derrama.
Lavra uma febre de ouro. Há frêmitos de chama
Nos bronzes, nos cristais, nas molduras ... em tudo.

E nas jarras de forma esgalgada e franzina,
Chispando á fulva luz, sob a tarde outonal,
As rosas murcham ... Lenta, em magoada surdina,
- Saudade da estação – canta a aura vesperal.

As rosas murcham ... No ar paira o vago e tristonho
Silêncio emocional das almas e das cousas.
As jarras de cristal lembram lúcidas lousas ...
E as rosas murcham, como um sonho, como um sonho ...

E do rútilo poente as rosas amortecem ...
Desfaz-se do horizonte o pomposo cariz.
Ó! morbidez da cor das rosas que emurchecem,
Agonia do aroma, estertor da matiz!

[...]Arthur de Salles

Autoria e outros dados (tags, etc)

por leneoliveira às 13:39



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2013

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031